Buscar
  • Danillo Bettoni

Erros que devo evitar como Autônomo (Freelancer)

Com a crise econômica brasileira não nos abandonando, muitos profissionais de qualidade tem recorrido ao mundo de Freelancer, seja para aumentar a renda mensal, realizando alguns trabalhos esporádicos ou por que está fora do mercado e precisa trabalhar.

O erro mais comum é quando se acredita que essa modalidade de trabalho é simples e não precisa de planejamento, muito perigoso se pensar dessa forma, pois pode deixar passar bem em frente aos seus olhos a grande chance de se tornar seu próprio chefe e fazer seus próprios horários.



Planejamento financeiro


Existem duas vertentes nesse tópico:


  • Sou contratado CLT e faço trabalhos de Freelancer: Como citado acima, a categoria Freelancer pode ser utilizada para aumento de receita mensal, nessa situação o maior erro é pensar que esse "dinheiro extra" pode ser utilizado para banalidades as quais não eram realizadas somente com o salário de CLT, como pro exemplo viagens, tênis, roupas, baladas e por aí vai. Minha dica é que guarde a maior parte possível desse "dinheiro extra" aplicando em investimentos direcionados pelo seu gerente do banco, pois em uma necessidade maior, não precisará contar 100% com o seguro desemprego e ganhará uma sobrevida muito maior, além é claro do "dinheiro extra" que se tornará em principal no caso de uma demissão, no caso de uma insatisfação com seu emprego atual, meu conselho é que não jogue tudo pelos ares e já peça demissão só por que já possui algum trabalho de Freelancer em andamento, antes de mais nada tenha certeza de que se adaptou a essa nova categoria de trabalho e que fazer home office pode ser um pouco solitário e muitas vezes haver distrações que normalmente em um escritório não possui, uma alternativa nesses casos é contratar um coworking perto de sua casa, evitando gastos com condução e tempo em trânsito.


  • Trabalho somente como Freelancer: Quando se obtém apenas receitas provenientes de trabalhos como Freelancer e não possui nenhuma outra receita recorrente, é muito importante saber administrar ainda mais a receita proveniente de seu trabalho, até por que você não tem uma certeza do quanto irá receber cada mês e até mesmo se receberá algum valor em todos os meses do ano, lembre-se que o trabalho que está executando não necessariamente terá começo, meio e fim, muitas vezes alguns trabalhos são cancelados pelo seu cliente sem aviso prévio.

Estou disponibilizando no link uma Planilha Excel de Fluxo de Caixa para te ajudar com seu fluxo financeiro.


Cuidado com a sua produtividade


É comum a ideia de que atuar como Freelancer é mais fácil do que manter um emprego com carteira assinada. Aí que se engana! Com certeza existem algumas facilidades, como fugir do trânsito e fazer o seu próprio horário, por outro, é preciso trabalhar duro para se estabelecer. Afinal, o mais difícil não é conseguir um trabalho com alguma empresa e sim mantê-la. Tenha em mente que o mais importante é atender as demandas dos clientes com rapidez e qualidade é a alma do negócio.


Devo abraçar o mundo?


A resposta é muito simples. Não! Produzir muito não significa pegar todos os trabalhos possíveis de uma só vez, principalmente se não tiver a expertise necessária para a execução e experiência quanto ao tempo necessário para execução dos mesmos. Escolha um nicho de mercado, trace uma meta e foque nela! Quanto mais específico e detalhista você for na hora de apresentar o seu trabalho, mais confiança o cliente terá em você. Somente depois de se estabelecer em alguma área pense em novos projetos.


Faça uma análise criteriosa do Mercado


Antes de se aventurar nessa jornada, faça uma avaliação criteriosa para saber quais as áreas que estão em alta no momento e, mais, quais estão mais próximas do seu perfil. Saber a situação do mercado é fundamental se você quer ganhar dinheiro, trabalhando com algo que goste e que efetivamente saiba fazer será muito mais prazeroso e o resultado final de seu trabalho muito melhor, e o seu cliente agradece.


Ignorar a estratégia de comunicação


Se você quer escolher e não ser escolhido, precisa apresentar o seu trabalho de forma assertiva e eficaz. Comece fazendo um portfólio conciso e atualizado. De preferência, construa um site para apresentar os trabalhos mais importantes ou utilize as medias sociais como Instagram, Facebook ou Linkedin (eu particularmente recomendo, quando se trabalha B2B - Business to Business é o mais indicado) e fique à disposição para enviar mais detalhes por e-mail ou até mesmo marcar uma reunião. Ampliar o networking é fundamental! Invista também em uma cartão de visitas.


Como se vê, o caminho para o tão desejado sucesso envolve muita dedicação. Lembre-se de que agora você é um gestor do seu próprio negócio, por isso, amplie os seus horizontes, pesquise, estude e verá a sua carreira prosperar.
26 visualizações